Destaque Política

“Brasil não é uma republiqueta, somos potência” afirma à CNN senador Omar Aziz sobre postura de Bolsonaro durante pandemia

Presidente CPI da Pandemia, Omar Aziz (PSD-AM) | Foto: Reprodução
Presidente CPI da Pandemia, Omar Aziz (PSD-AM) | Foto: Reprodução
Escrito por Zukka Brasil

O presidente da CPI da Pandemia, senador Omar Aziz (PSD-AM) em entrevista agora pela manhã Ao Vivo ao programa CNN Manhã deste sábado, 22/5, não mediu palavras para condenar as atitudes do presidente da republica Jair Bolsonaro e sua saraivada de atos negacionista, omissão de liderança por vacinas no mundo e desrespeito pelas medidas de prevenção contra o Covid-19.

Diante de uma CPI que já soma mais de 60 horas de depoimentos e que incrimina, teoricamente, sua grande maioria que lá esteve, Omar Aziz destacou pontos como o Habeas Corpus que o ex-ministro da saúde, Eduardo Pazuello adquiriu e que lhe permitiu, segundo Aziz, se preparar para versões dos fatos que seriam questionados em seu depoimento na CPI da Pandemia.

Sobre o Presidente Jair Bolsonaro o senador pelo amazonas disse:

“Bolsonaro deveria ser o primeiro a dar exemplo”

E fez duras criticas a postura do presidente da república pela falta de liderança e representatividade no exterior com a necessidade do Brasil ter adquirido vacinas em caráter de urgência:

“Brasil não é uma republiqueta, somos potência”

Sobre a secretária de saúde do ministério da saúde, Mayra Pinheiro, conhecida como “Capitã Cloroquina” e que será a próxima a depor na CPI esta semana, Aziz em tom de indignação disse:

“Secretária fez o Amazonas de cobaia do TRATECOV”

Assista a entrevista completa abaixo: