Brasil Destaque

Bolsonaro sugere auxílio para 750 mil caminhoneiros por medo de paralisação

Caminhoneiros Jair Bolsonaro Greve Geral Brasil
Foto: Reprodução
Escrito por Zukka Brasil

Após a definição de uma paralisação dos caminhoneiros no sudeste do Brasil, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse, nesta quinta-feira (21), que pretende pagar um auxílio para 750 mil trabalhadores da categoria. A ação seria uma compensação ao aumento no preço do diesel.

“Nós vamos atender aos caminhoneiros autônomos. Em torno de 750 mil caminhoneiros receberão uma ajuda para compensar o aumento do diesel. É através deles que as mercadorias, alimentos, chegam aos quatro cantos do país”, declarou Bolsonaro. O presidente, no entanto, não informou detalhes sobre o auxílio.

Grupos de caminhoneiros prometem uma nova paralisação a partir de 1.º de novembro, caso suas reivindicações não sejam atendidas pelo governo Bolsonaro, entre elas a queda do preço do diesel. Em reunião no Rio de Janeiro, no sábado (16), associações de motoristas decidiram que o “estado de greve” se dará pelo período de 15 dias.