Sem categoria

Atendimento do SAMU 192 Manaus registra queda no número de trotes

No ano passado, foram registradas 100.780 ligações, 43.868 a menos do que o número de ligações desse tipo recebidas em 2017, que passaram de 144 mil- foto: José Nildo
Escrito por Zukka Brasil

O número de trotes ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192 Manaus), em 2018, caiu em aproximadamente 30% em comparação com os dados do ano anterior, conforme balanço apresentado pela prefeitura. No ano passado, foram registradas 100.780 ligações, 43.868 a menos do que o número de ligações desse tipo recebidas em 2017, que passaram de 144 mil.

Em 2018, o SAMU 192 Manaus realizou 501.420 atendimentos de urgência e emergência, conforme dados da coordenação geral do serviço, ligado à Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). A redução no número de trotes é atribuída às inúmeras ações de conscientização, que incluíram também uma campanha publicitária. Mas, apesar da redução no último ano, os índices ainda são considerados altos.

Atualmente, são 28 os profissionais que se alternam 24 horas por dia para garantir o atendimento à população. Os telefonistas do SAMU 192 Manaus são formados e preparados para identificar os trotes em ligações recebidas pelo serviço móvel de urgência, entretanto, a quantidade de ligações não verdadeiras sempre prejudica a assistência às pessoas que necessitam de atendimento de urgência colocando, dessa forma, vidas em risco.

A prefeitura tem 11 bases do SAMU 192 Manaus, distribuídas estrategicamente em locais de fácil acesso, para agilizar o atendimento das chamadas de urgência e emergência, sendo uma dessas, a base fluvial, além da Central de Atendimentos, localizada no bairro Praça 14 de Janeiro, zona Sul da cidade, que concentra todas as ligações e onde é feita a regulação dos atendimentos.

Quando chamar o SAMU 192

O SAMU é o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e tem a finalidade de prestar um serviço de qualidade no atendimento à população. A ligação é gratuita e pode ser realizada por qualquer telefone fixo ou móvel. Os profissionais do serviço são treinados para atenderem em qualquer lugar os casos de emergências clínica, cirúrgica, traumática, gineco-obstétrica, pediátrica e de saúde mental para a população.

Deve-se chamar o SAMU nos seguintes casos:

  • Na ocorrência de problemas cardíacos e ou respiratórios
  •  Em casos de intoxicação, traumatismo ou queimadura
  • Na ocorrência de quadros infecciosos
  • Na ocorrência de maus tratos
  • Em trabalhos de parto
  • Em casos de tentativas de suicídio
  • Em crises hipertensivas
  • Quando houver acidentes com vítimas
  • Em casos de choque elétrico
  • Em acidentes com produtos perigosos
  • Na transferência de doentes de uma unidade hospitalar para outra

Com informações da assessoria

Deixe um comentário