Amazonas Economia | AM

ARSAM: Rota Manta-Manaus poderá contribuir para dinamizar comércio bilateral

ARSAM
Zukka Brasil
Escrito por Zukka Brasil

O diretor-presidente da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Estado do Amazonas (Arsam), Acram Jr., a Comissão de Geodiversidade da Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM) e representantes dos empresários do Amazonas foram recebidos pelo conselheiro da Embaixada do Brasil no Equador, Evandro Araújo, para atestar a viabilidade do projeto Manta-Manaus, uma proposta que objetiva a melhoria das relações comerciais da América do Sul e que poderá encurtar, em mais de 20 dias, o comércio bilateral entre Brasil e Equador, através das hidrovias do Amazonas.

A rota multimodal é uma alternativa concreta, mais rápida para o transporte de mercadorias brasileiras e compreende o trecho desde o porto da cidade de Manta, no Equador, até o Amazonas, um projeto estratégico que poderá incrementar o comércio por hidrovias, agilizando a chegada de produtos da indústria metalmecânica até os estados do norte e nordeste do Brasil. Um novo vetor de desenvolvimento econômico para a Zona Franca de Manaus.

Nesse sentido, o Amazonas está sendo visto como o único estado com reais possibilidades de crescimento socioeconômico nesse setor e a Arsam contribuirá com o apoio jurídico na elaboração da legislação que poderá balizar essa grande oportunidade de negócios.

FOTOS: DIVULGAÇÃO/ARSAM