Mundo

Após 6 dias meganavio de 400 mas desencalha e volta a navegar após 6 dias no Canal de Suez

Canal de Suez | Foto: Foto: reuters
Canal de Suez | Foto: Foto: reuters
Zukka Brasil
Escrito por Zukka Brasil

O meganavio que encalhou e bloqueou o Canal de Suez há quase uma semana voltou a navegar por volta das 10h30 de hoje (29), anunciou a administradora do canal nesta segunda-feira (29). A via artificial, por onde passa cerca de 12% de todo o comércio global, é a principal ligação marítima entre a Ásia e a Europa.

O Ever Given, operado pela empresa Evergreen, encalhou na terça (23) no km 151 do canal, em meio a ventos fortes e uma tempestade de areia, bloqueando a passagem de todos os outros navios. Com 400 metros de comprimento e 220 mil toneladas, o meganavio de contêineres voltou a flutuar às 4h30 do horário local (23h30 no horário de Brasília), segundo a Inchcape, um provedor global de serviços marítimos.

A administradora do canal afirma que “a navegação será retomada imediatamente após a restauração completa da direção da embarcação” e o Ever Given será encaminhado à área de espera de Bitter Lakes “para inspeção técnica”. Empresas especializadas em comércio marítimo estimam que as perdas econômicas direta ou indiretamente ligadas ao encalhe passam de R$ 300 bilhões, segundo a BBC. Para a Bloomberg, cerca de US$ 9,6 bilhões em tráfego marítimo diário foram interrompidos pelo navio que encalhou (mais de R$ 50 bilhões).

Segundo o presidente da SCA, Osama Rabie, serão necessários três dias e meio para que todos os navios na fila de espera consigam atravessar o canal após a sua liberação. A Maersk, maior empresa de transporte de contêineres do mundo, aposta em um prazo maior.

“Avaliando o acúmulo atual de navios, pode levar seis dias ou mais para que toda a fila passe”, disse a empresa em um comunicado. Há cerca de 400 embarcações na fila à espera da liberação do canal.