Saúde | AM

Amazonas envia +15 pacientes com Covid-19 para Santa Maria (RS)

Pacientes Transferidos Santa Maria (RS) | Herick Pereira
Pacientes Transferidos Santa Maria (RS) | Herick Pereira
Zukka Brasil | AM
Escrito por Zukka Brasil | AM

Foram transferidos na tarde desta terça-feira (02/02), 15 pacientes acometidos pela Covid-19 para a cidade de Santa Maria (RS).

Com o embarque, chegou a 18 o número de cidades que receberam pacientes do Amazonas para tratamento em outras unidades hospitalares. A medida faz parte do pacote de ações de enfrentamento à pandemia e possibilita a melhoria do fluxo de atendimento na rede pública.

Os pacientes, sendo sete mulheres e oito homens, estavam internados em nove unidades de saúde da capital: SPA Zona Sul, SPA São Raimundo, SPA José Lins, SPA Eliameme Rodrigues Mady, SPA Coroado, SPA Joventina Dias, SPA Danilo Corrêa, UPA Campos Sales e Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto.

O voo saiu de Manaus por volta das 15h, do Aeroporto Ponta Pelada, bairro Crespo, zona sul. O transporte aéreo tem sido realizado em aeronaves da FAB, adaptadas com equipamentos que garantem a estabilidade e segurança dos pacientes.

Ao chegar no Rio Grande do Sul, os pacientes serão levados ao Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM) para receber o atendimento. Antes do embarque, todos foram avaliados por equipes médicas e apresentaram quadro favorável para a viagem.

A especialista em Urgência e Emergência da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), Neylane Macêdo, destacou que as transferências representam um número importante de leitos liberados em unidades de saúde da capital.

“São mais de 400 pacientes. Tem sido um bom retorno, vários pacientes voltando para casa com esperança, curados, precisando só de reabilitação, mas graças a Deus está sendo muito exitosa essa experiência para todos nós. Inclusive, o paciente e o familiar têm agradecido muito, porque o feedback que a gente tem da unidade que ele se encontra, seja por telemedicina, teleconferência, tem sido muito proveitoso. Eles são muito bem acolhidos nos outros Estados”, destacou.