Manaus

Águas de Manaus produz álcool em gel para seus funcionários

Águas de Manaus
Águas de Manaus
Zukka Brasil
Escrito por Zukka Brasil

O laboratório da concessionária Águas de Manaus, que fica localizado no Complexo da Ponta do Ismael, optou por produzir o próprio álcool em gel. O produto passou a ser disponibilizado aos colaboradores da empresa que atuam principalmente em atividades externas, executando serviços nas ruas de Manaus. O trabalho destes colaboradores é essencial para que o sistema de abastecimento da capital siga em operação durante o período de enfrentamento a doença.

Os funcionários da Águas de Manaus estão recebendo orientações para utilizar os kits com álcool para higienizar constantemente as mãos e fazer a limpeza interna dos veículos, especialmente em locais como volantes, travas de segurança, bancos e outros acessórios. Os colaboradores que atuam nas ruas também estão recebendo máscaras de proteção e vão manter a distância recomendada pelos órgãos de saúde, caso seja necessário qualquer contato com os clientes.

A ideia de produzir o próprio álcool em gel no laboratório da concessionária foi motivada por dois pontos: a escassez do produto no mercado, devido à grande procura nas últimas semanas, e a necessidade de manter os colaboradores protegidos durante o trabalho.

“Quem está em campo, nem sempre tem acesso rápido fácil a um local para higienizar as mãos com água e sabão, como as autoridades sanitárias estão orientando. E o álcool em gel é a forma mais prática para promover uma boa assepsia. Para produzi-lo, usamos um álcool mais concentrado, que é utilizado no nosso dia a dia e diluímos, para ficar adequado ao uso cotidiano e em contato com pele”, disse Géssica Oliveira, engenheira química que atua no laboratório da concessionária.

A demanda pelo álcool em gel aumentou no Brasil desde último dia 11 de março, quando a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou pandemia para o coronavírus, causador da doença COVID-19, uma infecção respiratória altamente transmissível que já registra mais de 500 mil casos em todo o mundo.

O uso do álcool etílico hidratado ou em gel 70% se tornou um dos maiores aliado no combate à disseminação da doença no mundo, pois elimina o vírus e protege contra a infecção.