Destaque Economia | AM

Afeam bate recorde de contratos em 2021

Afeam
Agência de Fomento do Amazonas (Afeam)
Escrito por Zukka Brasil | AM

Com mais de 18 mil operações contratadas e mais de R$ 160 milhões em recursos liberados de janeiro a outubro na capital e no interior, a Agência de Fomento do Estado do Amazonas cumpre o cronograma anual de atividades e encerra o recebimento de propostas via Portal do Cliente no dia 12 de novembro. Conforme a direção da Agência, o ano de 2021 entra para a história como o maior em volume de recursos contratados e de empreendedores atendidos.

Para o governador Wilson Lima, a oferta de crédito tem sido fundamental para a retomada da economia.

“O crédito é fundamental para que muitos empreendedores consigam sustentar seus negócios, principalmente nesse momento onde a pandemia afetou muito as atividades econômicas. E o auxílio da Afeam vem em boa hora para a sobrevivência e também ampliação de empreendimentos”, ressaltou.

Segundo o diretor-presidente da Afeam, Marcos Vinicius Castro, 2021 foi um ano desafiador e de muitas transformações para a Agência.

“Registramos recordes de aplicação de crédito dos últimos quatro anos e aprimoramos nossas plataformas de processamento de crédito”, detalha.

Segundo o gestor, a urgência provocada pela incerteza diante da persistência da pandemia provocou uma enorme corrida ao crédito. Muitas instituições financeiras pisaram no freio, enquanto a Agência de Fomento, com ações conduzidas pelo governador Wilson Lima, colocou-se como uma alternativa, mesmo diante de todas as limitações de estrutura e volume de recursos.

“Nossa equipe analisou mais 68 mil propostas este ano, superando os indicadores dos anos anteriores”, aponta Marcos Vinicius.

Para o próximo ano, é um compromisso do Governo do Amazonas continuar dando condições para o produtor rural, o empreendedor e as famílias, para garantir o desenvolvimento de seus negócios, geração e ocupação de postos de trabalho e renda, através de novas alternativas de crédito, apresentadas pela Afeam, que devem se adequar aos novos modelos de negócios.

Redução de juros, renegociação e anistia — Além de reduzir juros, equalizando taxas para a linha de crédito emergencial, a Afeam aprovou a renegociação emergencial de contratos ativos com possibilidade de suspensão de pagamentos, por prazos de até 180 dias. Até novembro, foram beneficiados 2.277 empreendedores de todos os portes atendidos pela instituição. Os valores dos contratos renegociados somam mais de R$ 36 milhões.

Esta ação possibilitou alívio no caixa da empresa e também proporcionou aos diversos clientes que estavam negativados a oportunidade de limpar o nome, de modo que pudessem retomar seu relacionamento com o mercado em condições saudáveis, permitindo a retomada da economia com manutenção e geração de empregos no estado.

De março a agosto deste ano, o Governo do Estado, por meio da Afeam, concedeu anistia aos empreendedores atingidos pela cheia histórica, foram 919 operações de crédito totalizando R$ 5.334.295,28 em 33 municípios do interior.

O benefício, aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), foi concedido nos municípios reconhecidos como calamidade pública ou o estado de emergência pela Defesa Civil Estadual, ou Secretaria Nacional da Defesa Civil em decorrência dos efeitos da enchente de 2021.