Roraima Saúde | RR

740 pessoas recuperadas da COVID-19 esta semana em Roraima

Zukka Brasil | RR
Escrito por Zukka Brasil | RR

Só esta semana, o Estado de Roraima registrou aumento de 748 pessoas com diagnóstico de recuperação para a COVID-19, somando a um total de 53.872 pessoas recuperadas da doença no Estado.

Os dados são da CGVS (Coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde), por meio do Boletim Epidemiológico, atualizado na terça-feira, dia 03, e mostram que os municípios de Boa Vista e Rorainópolis apresentam destaque, com 39.913 e 1.790 pessoas recuperadas, respectivamente.

Segundo a coordenadora Geral de Vigilância em Saúde, Valdirene Oliveira, o aumento no número de pessoas recuperadas segue critério epidemiológico estabelecido pelo COE [Centro de Operações de Emergência], conforme o Plano de enfrentamento da doença em Roraima.

“São pessoas que foram consideradas recuperadas após passarem pelos 21 dias do diagnóstico de resultado positivo. Estas pessoas, a partir da data de notificação, sem registro de internação e sem complicações, são consideradas recuperadas”, esclareceu.

De acordo com o médico infectologista Domingos Sávio, que integra a equipe do HGR, o processo de recuperação do paciente inclui também todo o trabalho realizado por uma equipe multiprofissional.

“São profissionais de saúde de diversas áreas, que todos os dias dão o seu melhor durante o atendimento dos pacientes. E cada um na sua função, por meio de técnicas invasivas e não invasivas, como o auxílio da respiração e locomoção auxiliam no tratamento. Esse trabalho tem sido de suma importância para que o paciente consiga se recuperar e ir para casa”, acrescentou Sávio.

O enfermeiro André Eduardo Moreira Freire, que coordena o setor de Enfermagem da UTI do HGR, ressalta a união das equipes no enfrentamento ao Coronavírus. “Temos uma equipe muito unida e perseverante que luta até o final, comemorando cada alta, de forma alegre e sempre com palmas e músicas, festejando, ao ver que o paciente o ser humano valeu a pena”, acrescentou.

CUIDADOS

É importante esclarecer que a pandemia continua e por isso os cuidados com a saúde devem ser mantidos e intensificados. Por isso é necessário continuar lavando as mãos com frequência, usando álcool em gel, não esquecer da máscara e usá-la da forma correta e evitar aglomeração.

Entre as orientações médicas está o alerta ao grupo de fatores de risco que é composto por várias comorbidades que precisam ser acompanhadas com cautela.

“Os fatores de risco são vários, mas entre os principais que não podemos esquecer de citar estão os casos de hipertensão, diabetes, doença renal, obesidade, cardiopatia que ocupam a liderança no grupo de fatores de risco em relação aos registros de óbitos pela COVID-19. Percebemos que do total de óbitos registrados em Roraima até o momento, 51,7% apresentaram algum tipo de comorbidade, isso quer significa que a população precisa estar atenta e manter os cuidados com a saúde sempre”, reforça Sávio.