Destaque Saúde | AM

+350 novos leitos para Covid-19 a partir desta sexta. 576% é o crescimento na estrutura de UCIs do Amazonas

UTIs Covid-19 | Foto: SES-Am
UTIs Covid-19 | Foto: SES-Am
Zukka Brasil | AM
Escrito por Zukka Brasil | AM

Guerra contra o Covid-19 em todo o Amazonas fazem a estrutura de UCIs crescer 576% comparado ao período antes da pandemia. Em frente a esse crescimento o governador do Amazonas Wilson Lima acaba de anunciar a abertura de 350 novos leitos na rede estadual de saúde.

Serão 100 Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 250 de leitos clínicos, além de seis miniusinas de produção de oxigênio para reforçar o suprimento da demanda das unidades de saúde do interior.

“Estamos começando, a partir dessa sexta (05/02), a abertura de mais 350 leitos, incluindo 100 leitos de UTI e mais 250 leitos clínicos. Até o fim de semana agora, já começam a funcionar 61 leitos no Hospital da Nilton Lins, serão 39 clínicos e 22 de UTI. E vamos abrir mais 22 UTIs no Platão Araújo também até o final de semana, e oito salas vermelhas, que são aqueles leitos de cuidados intermediários e que antecipam a UTI. É importante esse atendimento para evitar que o paciente vá para uma Unidade de Tratamento Intensivo”, destacou o governador.

O titular da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), Marcellus Campêlo, explica que a abertura dos novos leitos vai possibilitar a ampliação da capacidade de leitos nas unidades do Delphina Aziz e do Hospital Universitário Getúlio Vargas.

“Vamos abrir também 30 leitos de UTIs no Delphina Aziz, e lá vai passar de 150 leitos para 180 leitos de UTIs. Para isso, estamos instalando um novo compressor na rede de gases daquela unidade para poder dar a pressão adequada para expandir essa quantidade de leitos, porque lá foi projetado apenas para 150 leitos de UTIs. Estamos instalando um compressor para ampliar para mais, e esse trabalho deve durar pelo menos de 7 a 10 dias para isso acontecer. Também estamos trabalhando com o Hospital Universitário Getúlio Vargas, com a possibilidade de ampliação de mais dez leitos de UTIs, além de leitos clínicos”. 

O Governo do Estado vem ampliando a rede assistencial do interior com abertura de leitos clínicos e de Unidades de Cuidados Intermediários (UCI).