Saúde | RR

20 novos leitos de UTI serão disponibilizados esta semana

Novos Leitos de UTI - HGR. Imagem: Ascom
Escrito por Zukka Brasil | RR

O trabalho de monitoramento e enfrentamento da covid-19 continua sendo mantido pelo Governo do Estado de forma contínua, com medidas sendo adotadas a curto e médio prazo, de acordo com cada cenário apresentado pela pandemia.

O Governo do Estado está ampliando de forma imediata, os leitos de UTI no HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento), para reforçar o atendimento de pacientes acometidos pela covid-19. Ainda esta semana, estão sendo abertos 20 novos leitos de UTI no Bloco E no HGR.

“Estamos atentos às medidas que precisam ser tomadas para garantir o atendimento que a população necessita. Essa é a maior preocupação do nosso governo e é por isso que não temos medido esforços para promover as mudanças que a saúde precisa”, enfatizou o governador Antonio Denarium.

De acordo com o secretário de saúde, Airton Cascavel cinco leitos já estão sendo utilizados e os outros começarão a ser usados o mais rapidamente possível.

“Os leitos já estão preparados e todos equipados, pois já fizemos a contratação de mais médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas que estarão se apresentando no HGR. A partir desta terça-feira, a equipe médica também está sendo organizada e montadas as escalas”, esclareceu o secretário.

Para o diretor geral do HGR, Anderson Dalla Benetta, a abertura de mais leitos é fundamental para apresentar a resposta que a pandemia requer nesse momento.

“Essa nova UTI que está sendo montada é importante, pois infelizmente os casos de covid estão aumentando sim e principalmente casos graves de covid e por isso é importante abrir estes leitos para ter uma condição de retaguarda, caso haja necessidade e ter uma quantidade suficiente para atender a população”, complementou.

Medidas de controle e prevenção ainda devem ser mantidas – O diretor reforça que mesmo com as medidas importantes que estão sendo adotadas, a população precisa colaborar.

“Infelizmente a gente observa que as pessoas ainda não estão conscientes e acham que a pandemia já acabou e que a vida já voltou a normalidade, tanto que observamos que tem muita aglomeração, bares lotados e festas, como se a vida já tivesse voltado à normalidade e a covid acabado. É importante que as pessoas entendam que estamos em uma pandemia, com casos graves subindo, por isso é preciso a conscientização da população para entender que a pandemia não acabou e as medidas de segurança e prevenção devem ser mantidas e redobradas nesse momento”, reforçou.